Foto "Túnel das Barricas" do site www.esporao.com

Foto: Túnel das Barricas

A Herdade do Esporão, situada em Roguengos de Monsaraz, tem uma importância histórica na região. As suas raizes remontam aos tempos pré-históricos das culturas megalíticas e da Idade do Bronze.
Durante a ocupação romana os vinhos do povoamento do Esporão eram exportados para todo o Império. Os limites da Herdade foram estabelecidos em 1267 e mantidos praticamente inalterados, desde a sua constituição.

No coração desta herdade, encontra-se a Cerca do Esporão, da qual fazem parte a Torre do Esporão, a Ermida de Nossa Senhora dos Remédios e uma curiosa porta fortificada com uma escada em caracol de acesso ao terraço defensivo.

A Torre do Esporão, construída entre 1457 e 1490, é uma das mais importantes edificações militares construídas na passagem da Idade Média para a Idade Moderna. A função primeira deste tipo de torre era a de habitação, mas nos finais do século XV as torres que existiam em Portugal dificilmente serviriam de morada permanente, uma vez que as suas dimensões eram muito reduzidas. Este tipo de construção também serviu de ostentação na sociedade, ou seja, era um sinal de poder e influência de uma família.

Foto: Torre do Esporão

Foto: Torre do Esporão

Hoje, a Torre do Esporão, é o edifício mais importante e representativo de todo o conjunto que compõe a Herdade do Esporão. No andar térreo pode-se visitar o Museu Arqueológico, onde estão expostos diversos achados do Esporão e peças do Povoado dos Perdigões. No primeiro andar encontra-se uma sala de estar, e no segundo piso um auditório e uma galeria, onde podem observar os trabalhos originais dos pintores que criaram os rótulos do vinho Esporão. Ainda existe um miradouro no último andar, de onde é possível avistar quase que a totalidade da propriedade.

Produção

A Herdade do Esporão possui 600ha de vinhedos. O primeiro vinho foi engarrafado em 1985 e em 1997 iniciou a produção de azeites virgens e extra virgens; recentemente foi plantado mais 82ha de Olival.

Os vinhos do Esporão são feitos com uvas provenientes de 03 origens:

  • Herdade do Esporão – 450ha de vinhas;
  • Herdade dos Perdigões – 155ha de vinhas;
  • Terceiros – parcerias com alguns viticultores de onde obtém cerca de 15% do seu volume.

Atualmente a Herdade do Esporão comercializa as seguintes marcas de vinho: Esporão, Vinha da Defesa, Monte Velho e Alandra.
Produz ainda os seguintes produtos sob a marca Herdade do Esporão: Quatro Castas (Tinto), Duas Castas (Branco), Monocasta (Alicante Bouschet, Aragonês e Touriga Nacional – e um branco, o Verdelho), Espumante, Licoroso, Late Harvest e  Ex libris, Torre do Esporão, apenas engarrafado em anos excepcionais. São ainda comercializados os azeites e vinagres Herdade do Esporão.

Em 2009 foram engarrafas 10 milhões de litros, o que corresponde a 12,5 milhões de garrafas de 750ml, 1,7 milhões de garrafas de 375ml e 100 mil garrafas de 1,5 litro. Desse total, 76% tinto, 23% branco, 1% rosé. O faturamento anual é de 35,5 milhões de euros.

Vinhos degustados pela confraria nesse encontro:
  • Herdade do Esporão Reserva Branco – Safra 2013
    Uvas: Antão Vaz, Arinto, Roupeiro, Semillon.
    Preço de referência: R$ 104,00
  • Herdade do Esporão Reserva Tinto – Safra 2008
    Uvas: Aragonês, Trincadeira, Cabernet Sauvignon, Alicante Bouschet.
    Preço de referência: R$ 135,00
  • Herdade do Esporão Reserva Tinto – Safra 2009
    Uvas: Aragonês, Trincadeira, Cabernet Sauvignon, Alicante Bouschet.
    Preço de referência: R$ 135,00
  • Herdade do Esporão Private Selection Tinto (ex Garrafeira) – Safra 2008
    Uvas: Alicante Bouschet, Aragonês, Syrah.
    Preço de referência: R$ 330,00

Degustação Confraria dos Prazeres de 01 de setembro de 2014.
______
Texto de André Monteiro.

Editado e publicado por: Maicon F. Santos